Catedral São Francisco Xavier
Palavra do Pároco
 
01.Dez - Advento!
Aumentar Fonte +
Diminuir Fonte -
Advento!

Caríssimos paroquianos de nossa Catedral São Francisco Xavier.


    ”Vem Senhor, vem nos salvar com teu povo vem caminhar”


Advento é o tempo que compreende as quatro semanas que preparam o Natal. Tempo onde tudo converge para Jesus. Ele é o centro das atenções! Sua vinda e sua vida marcaram a arte, a religião, a cultura e o calendário. Papai Noel e o consumismo escondem Jesus. Aonde não chega a mensagem de Jesus, ali há desumanidade, vazio, desencanto, apatia. O advento nos chama a um encontro e encantamento por Jesus Cristo e quer despertar em nós o “desejo de ver Jesus”. Seu rosto está nos evangelhos e mais abandonados, nos últimos. Ter olhos fixos em Jesus, eis a nossa meta! Ele é a melhor notícia, o melhor que temos na Igreja e o melhor que podemos oferecer à sociedade moderna. Que aconteça neste Advento maior afinidade, sintonia, simpatia e amizade com Jesus. Ele torna a vida bela, livre, grande.


 


O cristianismo não começa com uma grande ideia, nem com uma ética exigente, mas, com um encontro impactante com Jesus Cristo, uma experiência de arrebatamento.  Foi assim que aconteceu com Pedro, João, Paulo, Francisco, Agostinho e uma multidão de pessoas e vidas transformadas. Ninguém teve um poder tão grande sobre os corações humanos como Jesus de Nazaré,  filho de Deus, galileu fascinante, benfeitor da humanidade, colocado na estrebaria e executado na cruz. Isso tudo deve mexer conosco.


O Advento é um tempo onde sobressai a espiritualidade e a vida interior por meio das confissões, da novena de Natal, da confecção do presépio, da esperança pregada pelo profeta Isaias, da conversão exigida por João Batista e da fé testemunhada por Maria. Oração, esperança, conversão, fé são endereço e marca registrada do Advento. Jesus não é um rebelde, um anarquista, um louco, um possesso como muitos o tacharam. Ele é o Advento de um homem que subverte os valores do mundo, inquieta as consciências, provoca encontros. Na escola de Jesus aprendemos que só há uma obrigação: a de amar. Ele é nossa esperança.


 


Jesus é profeta e místico, porque é divino e humano. É profeta e poeta porque tem coragem e compaixão, é um personagem de mil faces dizem os artistas. Ele é Deus que se fez carne. Sua luz irradia sobre toda a história da humanidade. O tempo do Advento nos faz voltar a Jesus, reencontrá-lo e tudo recomeçar a partir dele. Precisamos de um renovado contato com sua pessoa Isso nos leva a confessar: “Deus existe e parece-se com Jesus” (J Pagola).


O Advento pede uma “conversão da Igreja” a Jesus, dando centralidade ao evangelho que ensina a alegria de viver, a compaixão com os últimos, o esforço em favor da justiça. Nossa esperança e luz está naquele que passou fazendo o bem, Jesus de Nazaré. Ele curou enfermos, elevou os marginalizados, promoveu a mulher, a criança, o pobre, o estrangeiro. “Todos sois irmãos”, ensinou ele, porque seu pais são pais de todos. O mundo é uma grande família onde os inimigos são perdoados, os pobres acolhidos, os pecadores absorvidos. Jesus de Nazaré despertou esperanças, abriu novos horizontes, inflamou os corações com o fogo do Espírito e a espada da palavra.


Preparemos nosso coração para que seja a verdadeira manjedoura onde o Deus menino possa renascer. No silêncio de Maria vamos gerar Jesus em nossa gruta de Belém.


Com minha benção!


Pe. Adenir José Ronchi


Fotógrafo: Jailson Silveira

Fonte: Pe Adenir José Ronchi

Indique a um amigo
 
contato
Rua do Príncipe 746, Centro - Joinville/SC

CEP: 89201-001 - CNPJ 84.708.478/0002-41

 
 
 
 
 
 

Copyright © 2019 Catedral São Francisco Xavier. Direitos reservados.