Catedral São Francisco Xavier
Palavra do Pároco
 
18.Abr - A Igreja unida em oração pelas vocações
Aumentar Fonte +
Diminuir Fonte -
A Igreja unida em oração pelas vocações


Caríssimos paroquianos da Catedral,


Saudações!


A Igreja unida em oração pelas vocações. No próximo fim de semana, quarto domingo da Páscoa, dia do Bom Pastor, em comunhão com toda Igreja, queremos rezar pelas vocações sacerdotais e religiosas, a fim de que o Senhor conceda vocações sábias e santas segundo o seu coração, cheios de alegria Pascal.


Cada comunidade uma nova vocação, “A colheita é grande, mas os trabalhadores são poucos. Pedi, pois, ao Senhor da colheita que envie trabalhadores para sua colheita”. (Mt 9, 37-38).


A vocação brota do coração de Deus e germina na terra boa do povo fiel, na experiência do amor fraterno e solidário. Esse chamado é uma resposta de um Deus providente a uma comunidade orante. A vocação cristã só pode nascer dentro de uma experiência de missão, ouvir e seguir a voz do Cristo Bom Pastor, deixando-se atrair e conduzir por Ele e consagrando-Lhe a própria vida, deixando-se guiar pelo Espírito Santo.


Na raiz de cada vocação cristã, há este movimento fundamental da experiência de fé. Crer que sou sustentado pela fé. A Virgem Maria, modelo de toda a vocação, não teve medo de pronunciar o seu “fiat” (“sim”) ao chamado do Senhor. A ela nos dirigimos pedindo para estarmos plenamente disponíveis ao desígnio que Deus tem para cada um de nós.


A vocação cresce na Igreja, o chamado de Deus acontece através da mediação comunitária. Deus chama-nos a fazer parte da Igreja e depois de certo amadurecimento nela, dá-nos uma vocação específica.


Amados irmãos (ãs), é possível ainda hoje voltar a encontrar o ardor do anúncio e propor, sobretudo, aos jovens, o seguimento de Cristo, fazendo-nos descobrir o fascínio de Cristo “Vem e Segue-me”, “Mestre onde moras?”, “Vinde e Vede”.


Para termos vocações é necessário o acolhimento, não tenham medo de ir aos jovens e convidá-los, é preciso falar bem, rezar e convidar. Hoje, precisamos criar uma pastoral, uma cultura vocacional com horizonte amplo e perspectiva de comunhão.


Confiemos cada jovem a Maria de Nazaré, uma jovem, como nossos atuais jovens, a quem Deus dirigiu o seu olhar amoroso, para que, tome a cada um pela mão e os guie para alegria de um “Eis-me aqui” pleno e generoso (Lc 1,38).


Em Cristo Bom Pastor,


 


Pe. Adenir José Ronchi


Pároco


 



Fonte: Pe. Adenir José Ronchi

Indique a um amigo
 
contato
Rua do Príncipe 746, Centro - Joinville/SC

CEP: 89201-001 - CNPJ 84.708.478/0002-41

 
 
 
 
 
 

Copyright © 2018 Catedral São Francisco Xavier. Direitos reservados.